Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista REVISTA CIÊNCIAS EM SAÚDE?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

**Caso não receba e-mail de cadastro enviado pelo site da RCS, entre em contato com [email protected]**

Recomenda-se que os trabalhos submetidos não tratem apenas de questões de interesse local. As discussões devem apresentar uma análise ampliada dos achados da pesquisa ou revisão no cenário da literatura nacional e internacional.


1. TIPOS DE MANUSCRITOS

 

1.1. Editoriais – Textos livres e críticos, de caráter opinativo ou educativo. Escritos por autoridades no assunto, a convite dos Editores. Podem questionar uma prática ou suscitar discussão, desafiando leitores a se manifestarem. Abordam questões recentes, inovadoras, desconhecidas ou negligenciadas.

Editoriais não devem ultrapassar 1.000 palavras e dez referências (quando aplicável). Devem possuir título, nome completo dos autores e respectiva afiliação.

 

 

1.2. Artigos originais completos, sejam prospectivos, experimentais ou retrospectivos. Compostos de: a) folha de rosto (preparada em arquivo separado, conforme descrito no item 3.1.); b) manuscrito, que conterá Título em Português (no máximo 200 caracteres com espaços); Resumo (estruturado com os subtítulos Introdução, Objetivos, Métodos, Resultados, Conclusão; no máximo 250 palavras) e palavras-chave (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao DeCS-BIREME), Título em Inglês (no máximo 200 caracteres com espaços), Abstract (estruturado com os subtítulos Introduction, Aims, Methods, Results, Conclusion; no máximo 250 palavras) e keywords (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao MeSH), texto (dividido nas seções Introdução, Métodos, Resultados, Discussão, Conclusão), Agradecimentos (se aplicável), Referências.

 

Artigos originais devem ter, no máximo, 3.000 palavras de texto (excluindo folha de rosto, resumo, abstract, tabelas, figuras e lista de referências) e 40 referências. O número de tabelas mais figuras não pode exceder oito. No caso em que este número exceder o estabelecido, uma justificativa deve ser enviada em separado aos Editores para devida apreciação.

 

 

1.3. Artigos de revisão, os quais podem se categorizar como revisões narrativas ou sistemáticas. Revisões sistemáticas, por sua vez, poderão incluir metanálises. Compostos de: a) folha de rosto (preparada em arquivo separado, conforme descrito no item 3.1.); b) manuscrito, que conterá Título em Português (no máximo 200 caracteres com espaços); Resumo (não estruturado, máximo de 150 palavras) e palavras-chave (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao DeCS-BIREME), Título em Inglês (no máximo 200 caracteres com espaços), Abstract (não estruturado, máximo de 150 palavras) e keywords (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao MeSH), texto (dividido nas seções Introdução, Desenvolvimento, Conclusão no caso de revisões narrativas; dividido nas seções Introdução, Métodos, Resultados, Discussão, Conclusão no caso de revisões sistemáticas e metanálises), Agradecimentos (se aplicável), Referências.

 

Artigos de revisão devem ter, no máximo, 5.000 palavras de texto e 100 referências. O número de tabelas mais figuras não pode exceder oito. No caso em que este número exceder o estabelecido, uma justificativa deve ser enviada em separado aos Editores para devida apreciação.

 

 

1.4. Relatos de caso de grande interesse e bem documentados clínica e laboratorialmente. Compostos de: a) folha de rosto (preparada em arquivo separado, conforme descrito no item 3.1.); b) manuscrito, que conterá Título em Português (no máximo 200 caracteres com espaços); Resumo (não estruturado; máximo de 150 palavras) e palavras-chave (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao DeCS-BIREME), Título em Inglês (no máximo 200 caracteres com espaços); Abstract e keywords (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao MeSH), texto (dividido nas seções Introdução, Descrição do caso e Discussão, Conclusão), Referências.

 

Relatos de caso devem ter, no máximo, 1.500 palavras de texto e 25 referências. O número de tabelas mais figuras não pode exceder oito. No caso em que este número exceder o estabelecido, uma justificativa deve ser enviada em separado aos Editores para devida apreciação.

 

 

1.5. Ensaio – texto dissertativo breve, de cunho didático, expondo ideias a respeito de tema relevante e inovador. Compostos de: a) folha de rosto (preparada em arquivo separado, conforme descrito no item 3.1.); b) manuscrito, que conterá Título em Português (no máximo 200 caracteres com espaços); palavras-chave (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao DeCS-BIREME), Título em Inglês (no máximo 200 caracteres com espaços); keywords (3-6; obrigatoriamente pertencentes ao MeSH), texto livre, Referências.

 

Ensaios devem ter, no máximo, 2.000 palavras de texto e 25 referências. O número de tabelas mais figuras não pode exceder cinco. No caso em que este número exceder o estabelecido, uma justificativa deve ser enviada em separado aos Editores para devida apreciação.

 

 

2. DIREITOS HUMANOS, CONSENTIMENTO INFORMADO E DIREITOS DOS ANIMAIS

 

2.1. Comitê de Ética (não se aplica em Artigos de revisão e Ensaios) – Juntamente com a submissão do manuscrito, é obrigatório envio de declaração informando que todos os procedimentos foram aprovados por um comitê de ética em pesquisa indicado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde (Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Saúde, Resolução nº 466 de 2012 sobre pesquisa envolvendo seres humanos). No caso de trabalhos estrangeiros, os manuscritos deverão estar em conformidade com a Declaração de Helsinki e com as normas éticas locais. A adequada obtenção de consentimento informado quando aplicável também deve ser descrita. Em estudos experimentais envolvendo animais, devem ser respeitadas as diretrizes aplicáveis ao tipo de trabalho correspondente (conforme Resolução nº 879 de 2008). Para pesquisas tanto em animais quanto em seres humanos, tem de estar explícito no corpo do manuscrito o número do parecer de aprovação pelo comitê de ética, o que atesta que o projeto foi devidamente apreciado e aprovado.

 

2.2. Registro de Ensaios Clínicos – Artigos de pesquisas clínicas devem ser registrados em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE (por exemplo, www.clinicaltrials.gov, www.ISRCTN.org, www.umin.ac.jp/ctr/index.htm e www.trialregister.nl). No Brasil, o registro poderá ser feito na página www.ensaiosclinicos.gov.br. Para tal, deve-se previamente obter um número de registro do trabalho, denominado UTN (Universal Trial Number), no link http://www.who.int/ictrp/unambiguous_identification/utn/en/, e também importar arquivo xml do estudo protocolado na Plataforma Brasil. O número de identificação deverá ser registrado ao final do resumo. Todos os artigos resultantes de ensaios clínicos randomizados devem ter recebido um número de identificação nesses registros.

 

 

2.3. Conflitos de Interesse e Informações de Financiamento – Devem ser mencionadas situações de conflito de interesse que possam influenciar no trabalho. Exemplos incluem publicações, emissão de pareceres ou participação em comitês consultivos ou diretivos.

 

 

3. Preparação e Submissão do Manuscrito

 

3.1. Folha de Rosto (arquivo em separado. Para exemplo, clique aqui)

Prepare e envie uma folha de rosto em arquivo separado, contendo:

1) a) Número de caracteres com espaço no título:

    b) Número de palavras no resumo:

    c) Número de palavras no texto:

    d) Número de referências:

    b) Número total de tabelas mais figuras:

2) indicação da categoria do trabalho (Artigo original, Artigo de revisão, Relato de caso, Ensaio);

3) título do trabalho em Português;

4) título do trabalho em Inglês;

5) nome completo dos autores, separados por vírgula. Após os nomes de cada autor, um (os mais) número(s) sobrescrito(s) deverá(ão) ser colocado(s) de acordo com a(s) afiliação(ões) dos pesquisadores;

6) afiliações dos autores (Instituição, cidade, estado, país), precedidos de números sobrescritos;

7) informações de correspondência (nome do autor para correspondência, endereço completo, telefone, e-mail);

8) instituição onde o trabalho foi desenvolvido;

9) número(s) e nome(s) da(s) respectiva(s) Área(s) do Conhecimento CAPES:

10) O manuscrito apresenta Conflito de Interesse?

(    ) Sim. Informações sobre conflitos de interesse estão enviadas em anexo, conforme item 2.3.

(    ) Não

11) indicação sobre as contribuições específicas de cada autor para o trabalho submetido, seguindo o modelo abaixo, inserindo as iniciais dos autores envolvidos em cada uma das tarefas listadas:

CONCEPÇÃO E DESENHO DO ESTUDO:

ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DOS DADOS:

COLETA DE DADOS:

REDAÇÃO DO MANUSCRITO:

REVISÃO CRÍTICA DO TEXTO:

APROVAÇÃO FINAL DO MANUSCRITO

ANÁLISE ESTATÍSTICA:

RESPONSABILIDADE GERAL PELO ESTUDO:

INFORMAÇÕES SOBRE FINANCIAMENTO:

 

NOTA:

a) no item 9, há possibilidade de se inserir mais de uma opção. Informações sobre a área de conhecimento CAPES, bem como a tabela com respectivos número e nome são encontradas em http://www.capes.gov.br/avaliacao/instrumentos-de-apoio/tabela-de-areas-do-conhecimento-avaliacao

b) para algumas categorias de manuscritos, nem todas as tarefas descritas no item 11 são aplicadas. Nesse caso, escrever em frente ´Não se aplica´;

c) mais informações a respeito da formatação da folha de rosto podem ser encontradas no item 3.2.

 

3.2. Formatação do Manuscrito: A estruturação do texto deve seguir a indicada, dependendo da categoria em que o trabalho se enquadra (ver item 1.). Nunca identifique ao longo do manuscrito o nome dos autores ou a instituição à qual pertencem, de maneira a garantir o anonimato. O texto deve seguir a seguinte formatação:

Papel

A-4 (29,7 x 21,0 cm).

Margem

Superior: 2,5 cm; Inferior: 2,5 cm; Direita: 2,5 cm; Esquerda: 2,5 cm

Editor de texto

Word for Windows 97 ou posterior.

Fonte

Arial, tamanho 12 (incluindo títulos, resumo, abstract, citações e referências).

Espaçamento entre linhas

Texto do manuscrito, Tabelas, Figuras: 1,5 cm (incluindo títulos, resumo, abstract, referências).

Parágrafos

Alinhamento Justificado.

Itálico

Utilizado apenas para palavras em língua estrangeira.

Título em Português e Inglês

O tamanho para o título é de até 200 caracteres com espaços e SEM ABREVIAÇÕES. Deverá ser colocado em negrito, no início do trabalho, apenas com a primeira letra em maiúsculo.

Resumo em Português e Inglês

Cada texto deve conter número de palavras de acordo com a categoria do trabalho enviado (item 1.).

Palavras-chave

Abaixo do resumo (ou do abstract), devem-se fornecer de três a seis palavras-chave que sejam integrantes da lista de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS), elaborada pela BIREME (http://decs.bvs.br) e de três a seis keywords que sejam integrantes da lista do Medical Subject Headings (MeSH)(https://meshb.nlm.nih.gov/search).

Aspas duplas

Utilizadas para citações diretas e frases de entrevistados.

Abreviações e siglas

Não utilize pontos nas siglas. Termos abreviados por meio de siglas devem aparecer por extenso quando citados pela primeira vez, seguidos da sigla entre parênteses; nas menções subsequentes, SOMENTE a sigla deverá ser utilizada. Siglas utilizadas em tabelas ou figuras devem ser definidas em notas abaixo de respectivas tabelas/figuras, mesmo se já tiverem sido definidas no texto.

Subtítulos ao longo do texto

 

Texto do manuscrito: devem estar em negrito, com apenas a primeira letra maiúscula. Ex.: Introdução; Métodos; Resultados; Discussão; Conclusão; etc.

Seções

Devem estar em itálico, com apenas a primeira letra maiúscula. Ex. Amostra.

Apresentação de resultados quantitativos

Dados contínuos paramétricos devem ser representados por média ± desvio padrão (DP) ou média ± erro padrão da média (EPM). É necessário que seja explicitado no texto se a medida de variância adotada se trata de DP ou EPM.

Os resultados dos testes t de Student e ANOVA devem fornecer os seguintes dados:

Teste t de Student: t(graus de liberdade)=valor do teste t; p=valor de p. Exemplo: t(41)=1,03; p=0,31.

Análise de variância: F(graus de liberdade separados por vírgula)=valor do teste ANOVA; p=valor de p. Exemplo: F(1,39)=4,38, p=0,04.

 

3.3. Tabelas (para ver um exemplo, clique aqui)

Editor de tabela

Word for Windows 97 ou posterior.

Fonte

Arial, tamanho 12.

Espaçamento entre linhas

Simples.

Tabelas preto e branco

Formate tabelas com fundo branco e letra preta, evitando utilizar fundos em cinza (conforme exemplo). Não utilizar cores em tabelas.

Formatação

Utilizar apenas linhas horizontais, entre o cabeçalho e no pé da tabela. Não utilizar linhas verticais, nem dividir verticalmente as células.

Título

 

O título da tabela precisa ser breve, claro e explicativo. Deve ser colocado acima da tabela, no canto superior esquerdo, e logo após a palavra Tabela (a qual deve estar em negrito e itálico, com a inicial maiúscula, acompanhada do número que a designa e um ponto final). As tabelas são apresentadas com números arábicos, de forma sequencial e dentro do texto como um todo. Ex.: Tabela 1.; Tabela 2.; etc.

Citação de tabelas

 

Ao citar tabelas no corpo do texto, escrever apenas o número referente a tabelas, sem o ponto final. Por exemplo: Tabela 1; Tabela 2, etc. A palavra ‘Tabela’ deverá ser apresentada com a primeira letra maiúscula, em negrito e itálico. Nunca escreva ‘tabela abaixo’, ‘tabela acima’ ou ainda, ‘tabela da página XX’, pois a numeração das páginas do manuscrito pode ser alterada durante a formatação.

 

 

*TABELAS devem ser enviadas em formato EDITÁVEL

 

3.4. Figuras (Clique aqui para ver exemplo).

Fonte

Arial, tamanho 12.

Formato

Utilizar figuras em alta resolução (mínimo de 300 dpi), nos formatos JPG, GIF ou TIFF.

Descrição da figura

 

Explica a figura de maneira concisa, mas discursiva. Deve fornecer informações suficientes de maneira que o leitor compreenda do que se trata sem necessidade de se remeter ao texto. Deve ser colocada embaixo da figura, ser precedida pela palavra Figura (a qual deve estar em negrito e itálico, com a inicial maiúscula, acompanhada do número que a designa e um ponto final). Ex.: Figura 1.; Figura 2.; etc. Depois da descrição, quaisquer outras informações necessárias para esclarecimentos da figura deverão ser acrescidas, como, por exemplo, unidades de medida, símbolos, escalas, abreviaturas e fontes. Observe que não deve haver título na parte superior da figura.

Citação de figuras

Ao citar figuras no corpo do texto, escreva apenas o número referente à figura, sem o ponto final. Por exemplo: Figura 1, Figura 2, etc. (a palavra ‘Figura’ deverá ser apresentada com a primeira letra em maiúscula, em negrito e itálico). Nunca escreva ‘figura abaixo’, figura acima’, ou ainda, ‘figura da página XX’, pois a numeração das páginas do artigo pode ser alterada durante a formatação.

Gráficos

Não utilizar linhas de grade em gráficos. Gráficos devem ser nomeados como Figuras. Dessa forma, qualquer gráfico terá em sua legenda a palavra Figura, sucedida da devida numeração.

*FIGURAS devem ser enviadas em formato EDITÁVEL

 

 

3.5. Agradecimentos - Nesta seção, deve-se reconhecer o trabalho de pessoas que tenham colaborado para o manuscrito, mas cuja contribuição não justifica coautoria. Para maiores esclarecimentos sobre autoria, ver item 1.3 das Políticas Editoriais.

 

 

3.6. Referências - Evite citações de difícil acesso aos leitores (teses, resumos de trabalhos apresentados em congressos ou outras publicações de circulação restrita). Não utilize referências do tipo “comunicação pessoal”. Manuscritos aceitos para publicação podem ser citados acompanhados da expressão “no prelo”.

Todos os autores e trabalhos citados no texto devem constar na lista de referências e vice-versa. Numere as referências por ordem de aparecimento no texto (e não em ordem alfabética), utilizando números sobrescritos. Quando a citação ocorrer após pontuação, os números sobrescritos devem vir imediatamente após o símbolo de pontuação e sem espaços. Ex. ‘Conforme indicado por Soares,3 (...).

 

As referências devem ser precedidas por algarismos hindu-arábicos e ponto final. Quando houver mais de seis autores, citar seis primeiros seguidos de “et al.” Cite todos os autores quando houver menos de seis. Note que um ponto final deve ser inserido após a abreviação do nome do periódico. As referências devem seguir o estilo Vancouver, de acordo com os requerimentos do ICMJE, disponível em: http://www.icmje.org/.

 

Trabalhos em periódicos:

1. Harvey J, Dardik H, Impeduglia T, Woo D, Debernardis F. Endovascular management of hepatic artery pseudoaneurysm hemorrhage complicating pancreaticoduodenectomy. J Vasc Surg. 2006;43:613-7. DOI: 10.1016/j.jvs.2005.11.031

2. The UK Small Aneurysm Trial Participants. Mortality results for randomised controlled trial of early elective surgery or ultrasonographic surveillance for small abdominal aortic aneurysms. Lancet. 1998;352:1649-55. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(98)10137-X

3. Lin JJ, Salamon N, Lee AD, Dutton RA, Geaga JA, Hayashi KM, et al. Reduced neocortical thickness and complexity mapped in mesial temporal lobe epilepsy with hippocampal sclerosis. Cereb Cortex. 2007;17:2007-18. DOI: 10.1093/cercor/bhl109

 

OBS.: a colocação do DOI ao final das referências é facultativa, mas recomendável.

 

Capítulos de livros:

4. Rutherford RB. Initial patient evaluation: the vascular consultation. In: Rutherford RB, editor. Vascular surgery. Philadelphia: WB Saunders; 2000. p.1-12.

 

Trabalhos publicados na internet:

5. Wantland DJ, Portillo CJ, Holzemer WL, Slaughter R, McGheeEM. The effectiveness of web-based vs. non-web-based interventions: a meta-analysis of behavioral change outcomes. J Med Internet Res [Internet]. 2002 [Acesso 2012 Nov 12]; 102(6): Disponível em: http://www.jmir.org/2012/4/e40/.

 

Websites e material online:

6. OncoLink [Internet site]. Philadelphia: University of Pennsylvania; c1994-2006. [Acesso 2006 Mar 14]. Disponível em: http://cancer.med.upenn.edu/.

 

Software:

7. Smallwaters Corporation. Analysis of moment structures: AMOS [software]. Versão 5.0.1. Chicago: Smallwaters; 2003.

 

 

3.7. Submissão: inserção de dados de autores e Instituições na plataforma - Os nomes completos de todos os autores, respectivas afiliações e detalhes do autor de correspondência (nome, endereço, telefone e e-mail) também devem ser informados em campos específicos da página da RCS (metadados), no momento da submissão. A RCS incentiva que autores criem seus números ORCID (http://orcid.org/) para facilitar o preenchimento desses dados durante o processo de submissão.

Dados sobre os autores, nomes de instituições onde o trabalho foi desenvolvido ou às quais os autores são afiliados, assim como congressos onde o estudo tenha sido apresentado não devem aparecer no arquivo do manuscrito, para garantir a avaliação cega. Essas informações podem ser reunidas em um documento separado, submetido como documento suplementar.

 

 

4. TAXAS DE PUBLICAÇÃO E INFORMAÇÕES DE CONTATO

Não há taxa para submissão, avaliação ou publicação de manuscritos. A RCS é um periódico de acesso aberto (open-access).

 

 

Toda a correspondência deve ser enviada para:

Secretaria Editorial – A/C: Jéssica Pereira

Av. Renó Júnior, 368 – Bairro: São Vicente | CEP 37502-138 | Itajubá – MG

E-mail: [email protected]

 

 

CHECK-LIST DE DOCUMENTOS A SEREM ANEXADOS:

  1. Folha de rosto em arquivo separado (ver item 3.1.);
  2. Manuscrito;
  3. Aprovação do Comitê e Comissão de Ética (quando aplicável; ver item 2.1.);
  4. Declaração de Originalidade, autoria e cessão de direitos autorais (ver abaixo);
  5. Conflitos de interesse e Informações de financiamento (ver item 2.3.);
  6. Registro de Ensaio Clínico (quando aplicável; ver item 2.2.)

IMPORTANTE:

a)    cada documento supracitado deve ser anexado em um arquivo separado;

b)    nunca insira no manuscrito qualquer dado que possa revelar a identidade dos autores;

c)     o processo de apreciação do manuscrito só terá início quando toda a documentação supracitada estiver de acordo com as políticas da RSC.

 

Declaração de Direito Autoral

DECLARAÇÃO DE ORIGINALIDADE, AUTORIA E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS

Senhores Editores da Revista Ciências em Saúde,

 

Eu, o autor de correspondência abaixo-assinado, encaminho em nome de todos os outros coautores o manuscrito intitulado “título do manuscrito”, classificado na categoria “modalidade (Artigo original, Artigo de revisão, Ensaio, Relato de caso)”, à apreciação do Corpo Editorial da Revista Ciências em Saúde (RCS). Em atenção à Política Editorial e Instruções aos Autores, também declaramos que:

a)    O referido estudo é original, não tendo sido submetido à publicação em qualquer outro periódico nacional ou internacional. Ainda, caso seja aceito e publicado na RCS, o mesmo jamais será submetido a qualquer outro periódico;

b)    Todos os autores participaram suficientemente quanto ao conteúdo intelectual, análise de dados, e redação do manuscrito, bem como assumem a responsabilidade pública por esse trabalho;

c)     Para o caso de estudos que envolvam seres humanos e animais: o presente estudo foi submetido à apreciação por Comitê de Ética em Pesquisa, tendo sido aprovado pelo protocolo número “informar número do protocolo”;

d)    Para o caso de estudos que envolvam seres humanos: o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido foi devidamente assinado por todos os voluntários;

e)    Reconhecemos e concordamos que, em caso de aceitação para publicação, cederemos os direitos autorais do referido artigo à RCS, estando cientes de que a não observância deste compromisso submeterá a sanções e penas previstas na Lei de Proteção de Direitos Autorais (Nº9609, de 19/02/98). O trabalho será então publicado sob uma Licença Creative Commons (CC BY-NC-SA 4.0), significando que materiais nela publicados podem ser copiados/reproduzidos, distribuídos, transmitidos e adaptados para fins não comerciais, desde que a fonte original do trabalho seja devidamente citada.

 

Para viabilizar a troca de correspondência, ficam estabelecidos os seguintes dados:

 

Nome do autor para correspondência: ______________________

Nome da instituição atual: _______________________________

Endereço postal completo: ________________________________

Número de telefone: _________________________________

E-mail: _____________________________________

 

Sendo isso para o momento, permaneço no aguardo de sua manifestação.

 

Atenciosamente,

 

 

Assinatura do autor de correspondência:  ________________

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.